Entrevista Ligia Amancio, professora emerita do ISCTE 25 de abril 2022

O 25 de abril et o progresso nos direitos das mulheres
48 anos agora e em 2024 serao 50 anos passados

LIGIA AMANCIO
Professora no ISCTE, foi nomeada recentemente depois da sua reforma Professora Emerita em 2018
Foi responsavel da Commissao para a igualdade e para os direitos das mulheres (1996-98).
No ISCTE foi directora do centro de sociologia (1989-1993) e depois diretora do centro de psicologia (2012-2016).
Foi igualmente responsavel na Fundaçao para a Ciencia e Tecnologia (2006-2012). Foi coordenadora do SAGE, um projeto internacional, sobre questoes do genero no ensino superior.
Tem um percurso muito rico de ensino, envolvimento associativo, politico e tambem publicou varios livros. Cito “Masculina e Feminino”,” Aprender a ser homen”, Vozes insumbmissas” este ultimo com Isabel do Carmo.
Não temos tempo de citar todas a suas publicaçoes mas
Foi publicado um livro sobre a comemoraçao da sua reforma
(e-book, disponível gratuitamente em https://ciencia.iscte-iul.pt/publications/files/private/421e48d025c64972eee0ad65e4389b7e)
Podia nos falar desta ultimo homenagem ao seu trabalho ?

1-Como as comemoraçoes do 25 de abril se aproximam podia nos dizer como viveu o 25 de abril de 1974 ?
2-O que mais a impressionou nesse dia?
3-A revoluçao do 25 de abril rompeu com a situaçao de submissao das mulheres e reabilitou os seus direitos?
Quais foram os progressos maiores?
4-Foi sempre militante dos direitos das mulheres quais são as dificuldades maiores que se encontram no progresso dos direitos das mulheres ?
5-Como acha se podiam ultrapassar as dificuldades tendo em conta que toda evoluçao é progressiva e que nunca estamos protegidos dos regressos?
6-O que seria o mais importante realizar hoje para as mulheres ?
7-Qual é a messagem que gostaria de transmitir aos nossos ouvintes para a comemoraçao deste ano sobretudo as mulheres ?

25 avril 1974
Entrevista Ligia Amancio

Laisser un commentaire

Votre adresse e-mail ne sera pas publiée.